“XILIQUE” do Prefeito impede entrada do ALTIAQUI na Prefeitura!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:




“XILIQUE” do Prefeito impede entrada do ALTIAQUI na Prefeitura!

Caros amigos internautas, exatamente no dia de ontem, 02/02/2010. Aconteceu uma entrevista, ou matéria jornalística na prefeitura municipal de Altinópolis sobre segurança publica realizada pela EPTV.

O altiaqui foi convidado pela senhora Maria José membro do CONSEG para fazer a cobertura do evento, porem, mesmo que não fosse convidado, em sendo o altiaqui uma revista eletrônica de informações da cidade e por vivermos num estado democrático de direito, por si só já se faria legitima a sua presença na cobertura.

Fomos ao local, alias fui ao local, e quando dar-se ia o inicio da matéria, na entrada para sala de reuniões onde todos os ali presentes já se dirigiam , e assim também o fiz, fui surpreendido com os brados se sua Excelência o Prefeito Nanão que com o dedo enriste gritava que eu não iria entrar, que aquilo era matéria da EPTV, que eu não havia sido convidado. E proferiu em alto e bom som- em brados desequilibrados:

 

“Você não me conhece rapazinho, você não sabe quem eu sou não sabe do que sou capaz”

Numa Atitude deplorável para qualquer um, ainda mais quando se trata de uma autoridade, autoridade maior de um município. O Prefeito Municipal.

A impressão que me passou à hora, era que esse senhor se julga dono da prefeitura e ele não é. Me vi diante de um ditador autoritário e sem nenhuma intenção democrática.

Chaguei a esperar de sua boca a frase.VIVA LA REVOLUCION BOLIVARIANA

Absurda, reprovável e antidemocrática ao extremo a atitude de quem pelo voto, se elegeu para nos ouvir, ser ouvido por nós e nos representar.

Esqueceu-se sua excelência, que está la onde está, por votação democrática popular, alias um dos votos que o elegeu, foi meu.

Espero em nome de Deus, que se o prefeito municipal, um dia munido novamente dos direitos que perdeu por conta de irregularidades prestadas em conta de campanha, retomar seus direitos políticos e vier novamente a se candidatar. Que não apareça em minha casa como fez na campanha passada, porque ai quem tomara atitude antidemocrática, e até bruta e desequilibrada, serei eu, e o colocarei pra fora aos brados e talvez até a pontapés.

O altiaqui retrata a verdade, publica de forma isenta transparente e independente os fatos.

O altiaqui não inventa os fatos. Eles estão ai, e nós com a intenção de informar a população, simplesmente informamos.

Porque que ao invés de expulsar o altiaqui do recinto democrático municipal, sua excelência não toma atitudes contra o jornal que cobra quatro vezes mais de Altinópolis para publicar as contas de governo em relação a Santo Antonia da Alegria? Seria porque o referido jornal “Suíço” só tece elogios a sua administração?Sim porque o jornal retrata Altinópolis como um paraíso europeu, só faltando ilustrar as materias com “Alpes cobertos de neve”.

Um administrador publico, tem que ser equilibrado, e tratar com as criticas de maneira honrosa. Absorve-las com diplomacia e inteligência. Mas o senhor prefeito………..

Foi exatamente isso que ocorreu na manha de ontem meus caros internautas, mas o pior ainda estava por vir. Houve reunião na noite de ontem na câmara municipal, onde sua excelência compareceu para falar de seu ano de governo. Mas isso, reportarei em próximas matérias.

O altiaqui não se intimidou, pios tem consciência que não nasceu para atacar ninguém, haja vista as matérias elogiosas que fazemos a administração quando merece e assim continuaremos.

A prefeitura municipal quando administra de forma a atender as necessidades da população, não está fazendo mais que sua obrigação. Nada do que fizerem de bom será favor pra nós, e tudo que fizerem em descumprimento da probidade, da lisura, da verdade e que não atenda o anseio popular será por nós duramente criticado e sempre publicado na integra dos fatos e na verossimilhança que nos é peculiar.

Continuamos de paginas abertas a esta administração, porque nosso compromisso é com a informação e não temos laços de favorecimento com ninguém, nunca assumimos compromissos escusos para justamente não termos que cumpri-los depois.

Senti no dia de ontem que meu direito de cidadão foi ditatoriamente burlado, porem, não me senti ofendido ou magoado com o desequilíbrio do homem que fez aquilo, mas profundamente revoltado estou com a reação ridiculamente autoritária de um administrador que eu hoje profundamente arrependido ajudei a eleger.

Só peço desculpas aos meus amigos e aos meus princípios, por ter mais uma vez jogado fora o meu sagrado voto.

È a região de frente com a informação.

Ademir Feliciano

 

Artigo Anterior

REINICIO DAS SESSÕES PLENARIAS 2010

Próximo Artigo

Cardeal do Vaticano critica em Fátima os padres que agem como “funcionários”

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *