LAR SÃO VICENTE DE PAULO DE ALTINÓPOLIS- EXEMPLO DE HUMANIDADE

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

LAR SÃO VICENTE DE PAULO DE ALTINÓPOLIS- EXEMPLO DE HUMANIDADE

Fundado em 1946, pelo padre Geraldo Trossel e hoje presidido por Benedito Batista de Almeida, o “seu Dito”, o lar São Vicente de Paulo de Altinópolis é exemplo de humanidade e solidariedade no tratamento de nossos idosos.

Atualmente com 16 internos e 9 funcionários o lar dispõe de uma estrutura física invejável, dado a limpeza e cuidado desprendidos em prol dos velinhos.

Segundo nos relatou a assistente social Maria José (Zezé), o lar fornece abrigo, alimentação, medicações, roupas, alem do deslocamento a Ribeirão Preto e ao hospital local quando um interno necessita.

O lar vive de doações e eventos e a maior arrecadação local fica por conta da EXPOAL, que garante uma boa quantia em final de abril, alem de verbas estaduais e federais que complementam as necessidades do lar.

Ainda segundo a “Zezé” Existe uma exigência da Secretaria Estadual de Assistência Social, para o funcionamento de uma sala de artesanatos com o intuito de propiciar ao idoso um afazer, porem, o convênio que mantinha com a ONG ABEC-Associação Brasileira de Educação e Cultura foi desfeito e hoje a sala está sem funcionar.

O presidente da entidade “seu Dito” já solicitou junto à prefeitura municipal, ajuda para reiniciar o funcionamento da sala de artesanato e aguarda uma resposta. Lembramos que o valor solicitado é de apenas R$ 1000,00 mês, e seria um absurdo tamanho esse valor não ser liberado.

Outra fonte muito interessante de ajuda tem sido a nota fiscal paulista e a Zezé nos orienta de como podemos ajudar:

“Com o incentivo do governo do estado, da possibilidade de doação das notas fiscais paulistas para entidades como a nossa, tem ajudado muito a nos manter, inclusive, só nesse semestre estaremos recebendo mais de R$3.000,00, oriundos de repasses das notas fiscais”

 

“A população e o comercio local podem ajudar, basta que depositem suas notas fiscais nas urnas do Supermercado NORI, na loja O Boticário, ou leve diretamente no lar São Vicente”.

 

– Histórico Sobre a Criação da Entidade

A Sociedade São Vicente de Paulo é uma organização de âmbito internacional, composta por leigos, fundada em Paris em 1833 por Antonio Frederico Ozanam.

O Lar São Vicente de Paulo é uma obra unida, ou seja, dotada de personalidade jurídica, destinada a atender as finalidades especificadas pela Sociedade São Vicente de Paulo e vinculada a um Conselho Central.

O Lar São Vicente de Paulo de Altinópolis foi fundado em 1946 pelo padre Geraldo Trossel. As freiras ajudavam nos cuidados gerais com os internos, que, na época, não se restringiam

apenas a idosos, pois a “Conferência “ abrigava viúvas e órfãos e qualquer cidadão desamparado pela sociedade, independente de sua idade. Foi uma época difícil , onde a entidade sobrevivia somente de doações da comunidade, e cada dia era vivido de acordo com o que se recebia, sem programação de gastos ou atividades, com dependência total das doações recebidas.

Somente mais tarde, com o passar dos anos, é que a situação foi melhorando, devido ao grande empenho dos confrades vicentinos, voluntários, doadores, etc. o Lar apesar das dificuldades enfrentadas sempre teve a preocupação no respeito com o idoso e no restabelecimento da cidadania dos mesmos.

A partir de 1990 o Lar São Vicente de Paulo passou a contar com verbas estaduais e federais, podendo desta forma instalar projetos sociais específicos para a diminuição do número de internações e para a realização de atividades complementares, como passeios, sala de artesanato, etc.

A entidade sempre contou com a colaboração da comunidade e cada vez mais esta participação se torna importante.

Finalidades Estatutárias e atendimento

Entidade civil de direito privado, beneficente, filantrópica, caritativa e de assistência social, sem fins lucrativos.

Estabelecimento destinado a abrigar idosos de ambos os sexos sem distinção de raça, cor, condição social, credo político ou religioso, com mais de 60 anos, sem família ou com família incapacitada para manter seus cuidados diários.

Não atende idosos que necessitam de cuidados 24 horas, não é instituição de saúde, não atende idosos com problemas psiquiátricos.

Atende atualmente 16 idosos em regime de internato – 10 mulheres – 06 homens.

Mantém atendimento gratuito em regime de internato fornecendo:

Abrigo

Alimentação

cuidados diários

medicação

encaminhamento médico odontológico, jurídico, assistência moral e religiosa

passeios

atividades recreacionais e artesanais

integração com a comunidade

Participação em festas na entidade, junina, natal, aniversários, etc.

O Lar realiza empréstimo de muletas, cadeiras de roda, cadeiras de banho, etc.

Mantêm casas de baixo aluguel, para pessoas carentes da comunidade

Conta com sala de costura organizada pelas consocias vicentinas, confecção de panos de prato e costura de roupa para os internos

– PROJETO IDOSO NA FAMÍLIA

Este Projeto funciona desde 1999, e atende 30 idosos de baixa renda, do meio externo, fornecendo cestas básicas diferenciada, acompanhamento e orientação permanente através de visitas domiciliares mensais realizadas por assistente social, sala de artesanato que visa integração do idoso institucionalizado com o idoso do meio aberto.

O projeto visa a diminuição das solicitações de internação e a melhoria da qualidade de vida do idoso em seu domicílio, fazendo com que recobre sua cidadania. Projeto é mantido através de verba estadual.

Os vicentinos acompanham com orientações e entregam cestas básicas a famílias carentes , atualmente 16.

PROJETO CARINHO AO IDOSO.

Os idosos na entidade têm seu aniversário individual comemorado na data e cada um tem uma madrinha responsável pela festa e pelos presentes. Com esse projeto muitos idosos tiveram sua primeira festa de aniversário no recinto da entidade e passaram a saber a Data de nascimento, hoje em dia esperam ansiosos pela festa. Essa é uma das formas de resgate de cidadania.

Recursos para manutenção :

Verba estadual

Verba federal

Verbas de Emendas Parlamentares

Promoção de esfiha e sonho

Doações da comunidade

Doação da Associação Folclórica

EXPOAL – Venda de alimentos

Bazar

Aluguel de casas

Aluguel de cadeiras mesas

Aluguel de toalhas e capas de cadeira

Aluguel do galpão

Prefeitura – Isenção de impostos das casas de aluguel e da instituição. Isenção de pagamento de água da entidade. Médico que atende uma vez por semana no recinto do lar, atualmente Dr. José Luiz Graminha.

Conta com a colaboração de vicentinos e voluntários da comunidade principalmente par participação na EXPOAL.

Funcionários:

03- Serviços gerais

01– Técnico de enfermagem

01 Cozinheira

01 Técnico de Enfermagem

01- Instrutora de artesanato

01- Assistente Social

01 – Fisioterapeuta

01 – Voluntária de Psicologia

01 – Voluntária de Nutrição

01 – Médico – Prefeitura – atende na instituição uma vez por semana.

Ademir Feliciano

Fonte: Maria José Andrade (Zezé)

 

Artigo Anterior

Nathália Timberg no Teatro Pedro II

Próximo Artigo

A mulher querendo ser a viúva do padre

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *