CURTINHAS DO ALTIAQUI!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

CURTINHAS DO ALTIAQUI!

RÁDIO ALTIAQUI!

Não era para falar ainda, mas eu não resisto e não escondo nada de vocês!

Estamos bem adiantados na possibilidade de termos uma rádio nossa, e quando digo nossa, quero dizer nossa mesmo! De toda a população de Altinópolis, que se Deus ajudar, poderá contar com uma Rádio informativa, interativa, musical, democrática ao extremo e principalmente VERDADEIRA.

Queremos com mais esse possível veiculo de informação, manter atualizada e bem informada, toda nossa querida gente, que há séculos vem sendo privada do bem mais precioso na formação do caráter e da personalidade de uma pessoa. “A informação nua e crua e acima de tudo verdadeira e sem maquiagem”!

Uma Rádio que será independente em tudo! Pois nossa rádio contara com a participação de políticos apenas nas entrevistas e nas matérias que nela serão veiculadas, mas nunca na sua folha de pagamento ou em seu corpo societário.

Estamos na luta, e isso deve se tornar realidade em breve. AGUARDEM!

 

A ROTINA DOS B.Os!

Respondi na segunda feira passada a mais um boletim de ocorrência na delegacia de policia de Altinópolis. Desta vez, registrado pelo Ilustre Vereador Valdir Donizete Ferreira (Valdir da Geladeira).

Isso vem se tornando rotineiro em minha trajetória enquanto jornalista local, e se fosse só comigo até que eu não ficaria tão chateado.

Porem ocorre que: não satisfeito em registrar o B.O somente contra o site altiaqui, e, por conseguinte a mim que sou o seu responsável, resolveu também o nobre vereador registrar contra uma de nossas internautas que postou sua opinião enquanto cidadã em nosso democrático “mural de recados”.

Ora! Segundo a Constituição brasileira, estão os políticos sujeitos a criticas de quem quer que seja desde que tais criticas, não fira o homem em sua integridade. Pela postagem de nossa internauta, não percebemos nenhuma ofensa direta ao homem Valdir e nem mesmo ao vereador “Valdir da Geladeira”, apenas fez um comentário sobre matéria que eu veiculei, e matéria verdadeira, e tão verdadeira que acarretou o que acarretou. A imprensa de fora veio cobrir e segundo me informaram em tantas vezes que fui procurado essa semana, continuarão cobrindo.

O que seria do Presidente “LULA”, ou “MULA” como alguns o chamam, se fosse registrar B.O contra todos que o criticam? Talvez não tivesse tido tempo de trabalhar tanto pelo país como trabalhou em seus dois mandatos.

A idéia deve ser esta mesmo, trabalhar muito pelo povo e responder as criticas com realizações, e não fazendo B.O contra quem tem o dever de representar.

Parece que vêm mais “bombas” por ai, de outro vereador que está também “magoado” com as criticas que vem recebendo. Medo é palavra que já não está cabendo mais entre nós, Graças a Deus! Parabenizo a todos os nossos internautas, e digo mais, estamos a vossa disposição sempre. Só não usem, por favor, de palavras baixas ou ofensivas à honra das pessoas!Façam como sempre fazem, se sentirem vontade de criticar, critiquem, é um direito que temos, mas critiquem o político, o jornalista, o secretario, o funcionário público, o jogador de futebol, o padre, o pastor, Etc. Suas funções, se estes não estiverem agindo de acordo. Mas nunca a integridade do homem. O que graças a Deus não é caso de nossos internautas.

AGRESSÃO DE COLEGA A OUTRO COLEGA!

A agressão física que sofreu o nobre vereador José Carlos da Silva “Zé Cristino” na ultima reunião das comissões dos vereadores de Altinópolis, proferida pelo também nobre vereador Valdir Donizete Ferreira “Valdir da Geladeira” é algo extremamente grave e não deve terminar em PIZZA. Medidas devem ser tomadas naquela digníssima casa de leis, que é casa do povo e exemplo maior da democracia de nossa cidade (ou pelo menos deveria ser).

Já se pode ler na imprensa, que alguns vereadores ou pelo menos um vereador, disse não ter sido bem assim, que na realidade não houve tal agressão. Ler algo assim é como tomar um tapa na cara desse vereador.

Laudo médico confirma que houve agressão, dada as lesões físicas encontradas em “Cristino”, Boletim de Ocorrência teve como testemunhas oculares do fato, dois dos mais sérios edis de nossa municipalidade. E um vereador diz a Folha de São Paulo que política é assim mesmo! “Péra La” vereador, política pode ser assim para vossa excelência, mas não em um regime democrático e num estado livre como é o caso do Brasil. Vossa excelência, em minha opinião, não merece ocupar o cargo que ocupa. Pois se isso não foi agressão, o que seria agressão para o senhor?

Cabe a nossa digníssima casa de leis, dar o exemplo e limpar sua imagem, que ficou imunda depois da deplorável, e injustificável atitude por parte do Vice- Presidente legislativo, Vereador “Valdir da Geladeira”. Fosse eu o vereador agressor, pediria licença para “Mijar” e nunca mais voltaria.

Quero postar meus parabéns ao Ilustre vereador Professor Roberval, que esteve nos visitando no altiaqui semana próxima passada e deu u exemplo de caráter e desprendimento em favor de seu povo.

Uma frase do nobre vereador Roberval me marcou, quando disse:

Políticos como eu, tem vida curta na política, pois não me meto em confusões e nem em discussões desnecessárias, o que me interessa discutir, são os benefícios que podemos conseguir para nossa gente”!

A lucidez do vereador Roberval, em pouco tempo de conversa, me fez ver nele um homem de integridade, principalmente quando me falou que viu sim a briga dos vereadores, e que se for perguntado, respondera que “Valdir” bateu sim em “Zé Cristino”.

A população de Altinópolis, que cansada já deve ou deveria estar dos abusos cometidos na política local há tanto tempo, poderá ter papel preponderante no desfecho desse caso. Aquele que não concorda com a impunidade, e quer ver a quebra do decoro parlamentar punida e corrigida, tem por obrigação do exercício democrático de seu sagrado voto, acompanhar as sessões plenárias daqui para frente, e exigir sobre pressão democrática da simples presença, o cumprimento da lei e restabelecimento da ordem em nossa casa democrática de leis A Câmara Municipal de Altinópolis.

Vamos lotar aquela casa que é nossa, e dentro do Maximo respeito e legalidade, exigir justiça e retratação da ordem que foi aviltada agressivamente!

Nada deve ser resolvido com agressão física, nada!Isso fere os princípios da moralidade, do respeito ao próximo e da dignidade que já estão tão solapados pela classe política em nosso país. Quem se diz democrático, não pode permitir que tal atitude coronelista passe impune.

CHEGA! De uma vez por todas, CHEGA!

 

Ademir Feliciano

 

 

 

 

 

Artigo Anterior

Hospital em Altinópolis (SP) pode fechar por causa de dívidas de R$ 3 mi

Próximo Artigo

Dr. Wadis Gomes da Silva e o Hospital de Misericórdia de Altinópolis!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *