Prefeito Ricardo Sobrinho e Alguns Vereadores em defesa do patrimônio publico!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

Prefeito Ricardo Sobrinho e Alguns Vereadores em defesa do patrimônio publico!

A empresa “Cogumelo do Sol”, de propriedade de conhecido empresário Mario Kimura, instalada no município de Santo Antonio da Alegria por intermédio da administração Ricardo Sobrinho, começa a criar uma serie de problemas para o município.

O que poderia e deveria ser um incentivo a própria empresa e principalmente a geração de empregos e renda para população alegriense, começa a esbarrar-se em exigências das mais absurdas por parte do empresário.

Através das leis Nº 1.574, de 15 de outubro de 2009- Nº 1.566, de 20 de julho de 2009- Nº 1.587, de 10 de dezembro de 2009, a prefeitura municipal concedeu em termo de cessão de uso, a titulo gratuito, por tempo determinado a empresa Cogumelo do Sol, os seguintes benefícios respectivamente:

1) Área de 504m² correspondente a parte do galpão denominado “granja” no recinto de exposições permanentes “José Camilo de Souza” para ampliação das atividades da empresa.

2) Galpão Comunitário “Aparecido Garcia Maia” para o funcionamento da empresa.

3) Área com 11.137,00m², abrangendo 2 galpões localizados no recinto de exposições permanentes “José Camilo de Souza” para ampliação das atividades da empresa.

Mostra com essas atitudes, o quanto empenhada está a prefeitura municipal, na manutenção das empresas já existentes no município, bem como, na atração de novas empresas a fim de equacionar o problema do desemprego.

 

Com todo o incentivo dado pela prefeitura, porem não satisfeita, a empresa “Cogumelo do Sol”, deixou de pagar as contas que qualquer empresa tem por obrigação legal pagar, como por exemplo, a conta de água. Alega a empresa, preço abusivo na cobrança da água e está por determinação judicial fazendo os depósitos em juízo. Não bastasse a incoerência com relação à água, “PASMEM” solicita para si o espaço da EXPOASA para continuar suas atividades no município.

 

Um jornal local de Santo Antonio publicou a pendenga em edição recente, onde diz que o empresário alega que por conta da prefeitura municipal, devera deixar o município e se mudar para acidade de Cajuru. O que causou indiscutivelmente descontentamento e apreensão por parte dos funcionários da empresa.

O prefeito Ricardo, acompanhado dos vereadores Jesulei, João Carioca e Efraim, indignados com a situação, estiveram em visita a fabrica na ultima quarta feira a fim de esclarecer aos funcionários o que realmente estava acontecendo. (o altiaqui acompanhou a visita).

Durante a explanação do prefeito que elencava os motivos e mostrava em leis criadas por ele e aprovadas pela câmara municipal sobre todos os incentivos e benefícios concedidos a “Cogumelo do Sol”, transcorria na perfeita ordem a reunião! Até que chegou ao local o gerente da empresa, senhor Edgar Miguel de Souza e os ânimos se exacerbaram.

Edgar alegou entre outras coisas, que Ricardo não poderia estar ali, por se tratar de empresa privada, local privado, como se houvesse tido “invasão por parte do prefeito a empresa”. Esquecendo-se que o local é publico, e que o espaço em que acontecia a reunião não pertence à área concedida pela prefeitura por tempo determinado para uso da “Cogumelo do Sol”.

Ricardo disse não temer a “faca no pescoço” não se intimidar com pressões de poderosos financeiramente, e que o patrimônio publico será defendido por ele com todas as suas forças.

“A EXPOSA é do povo e enquanto eu for prefeito continuará a ser”. “Eu quero que a “Cogumelo do Sol” continue em nosso município, fui eu quem foi buscá-la, não foi o seu Mario que veio nos procurar, assim como trouxe outras empresas para Ca, vou continuar trazendo, e se a “Cogumelo do Sol” for embora, esses galpões não vão ficar vazios como acontecia na gestão passada, eu vou trazer outra empresa para Ca”.

Ricardo lembrou ainda que se a delegacia paga água, pequenas empresas pagam água, ele prefeito paga água, a população toda paga água. Porque a “Cogumelo do Sol” não deveria pagar? “Não vou ceder à pressão, pois estou cumprindo tudo que me foi solicitado pela empresa e dentro da lei”. “Porque o seu Mario não faz estas outras solicitações por escrito, documentadas, para que eu possa também responder por escrito”? 


Um dos funcionários da empresa qual agora me foge o nome, talvez seja “MarquinhosTalvez!Entrou no debate e disse que o prefeito estava ali fazendo política, o que de pronto rebateu Ricardo dizendo que não era política, e sim o esclarecimento para o povo, das razões pelas quais a “Cogumelo do Sol” se julgava prejudicada, mas que quem se prejudicaria se cedesse às pressões do empresário, seria o próprio município.

O altiaqui toma a liberdade de fazer comentários sobre o assunto e baseado em fatos!

Tivemos acesso a toda documentação expedida pela prefeitura municipal de Santo Antonio da Alegria, com relação à cessão de uso dos referidos galpões e verificamos claramente o incentivo dado à empresa “Cogumelo do Sol” para se instalar no município e gerar empregos.

Se a empresa “Cogumelo do Sol” gera empregos para nossa população, (e digo nossa, pois me sinto parte daquela gente que tão acolhedora é comigo) gera também e indubitavelmente “LUCRO” pergunto: porque não registrou até agora aqueles funcionários? E não registrou mesmo, isso foi dito claramente na reunião pelo gerente Edgar e confirmado pelos funcionários. Edgar disse ainda que: não registrou, mas todos recebem em dia e ainda ganham cestas básicas. Pergunto novamente: Cestas básicas garantem tempo de registro para aposentadorias ou seguro desemprego, ou ainda seguridade social em caso de acidentes de trabalho ou doença, fundo de garantia por tempo de serviço? Claro que não!

A atitude do prefeito Ricardo Sobrinho, de ir aos funcionários e dar a verdadeira razão dos fatos, junto com vereadores, mostra a preocupação que tem para com sua gente e com o emprego de seus habitantes, mas mostra principalmente que é um líder que não cede a pressões, defendendo o patrimônio de seu município.

O altiqui investiga algumas outras reclamações de outros municípios, aonde a mesma empresa “Cogumelo do Sol” vem fazendo solicitações e exigências tão ou mais absurdas que as feitas em Santo Antonio, como por exemplo, no município de São José da Bela Vista, e assim que confirmadas, colocaremos em nossa paginas.

Algumas outras ações também tramitam como a ação civil publica que abaixo colocaremos em pdf e se faz proveitosa e proveniente sua analise.

O japonesinho “XEXELENTO SÔ!

Ademir Feliciano

Clique aqui e tenha acesso à ação civil publica contra a “Cogumelo do Sol

 

 

Artigo Anterior

CURTINHAS DO ALTIAQUI!

Próximo Artigo

Câmara Municipal de Itatiaia também tem advogado não concursado.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *