Oliveira Junior é afastado da Câmara e destituído da Mesa Diretora

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

Oliveira Junior é afastado da Câmara e destituído da Mesa Diretora

 


Ato expedido nesta terça-feira (21) suspende vereador por 30 dias e veta, em definitivo, sua participação em CEEs e CPIs

O vereador Oliveira Junior foi destituído, em definitivo, do cargo de primeiro secretário da Mesa Diretora, e de todas as CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito) e CEEs (Comissões Especiais de Estudos) de que fazia parte na Câmara Municipal de Ribeirão Preto. A decisão foi divulgada ao final da sessão ordinária na noite desta terça-feira (21).

Os impedimentos legais para a atuação de Oliveira Junior foram oficializados através do Ato da Mesa Diretora de nº 1098/2011. O afastamento leva em conta as denúncias de irregularidades na nomeação da assessora parlamentar Eliana Steinkopf Caetano, que já foi exonerada de suas funções no dia 20, “de imediato”, segundo o documento.

Toda a documentação que evidencia as ilegalidades foi enviada ao Ministério Público para dar prosseguimento às investigações, informou o presidente da Câmara, Nicanor Lopes. “Tínhamos que dar uma punição. Dentro do regimento que nós temos, foi o que conseguimos fazer”, afirmou Lopes, que não descarta a possibilidade de exoneração definitiva do cargo de vereador, a depender do andamento dos dois inquéritos em que Oliveira Júnior é investigado.

Além das irregularidades com a suposta “assessora fantasma”, ele é acusado de ter dirigido embriagado. “Após os 30 dias, ele retoma, mas não participa mais da mesa (diretora) e das comissões”, afirma.

21/06/2011 – 21:11

EPTV.com – Rodolfo Tiengo

COMENTEMOS

Ato nobre da Câmara de Vereadores da cidade de Ribeirão Preto.

Assim todas as câmaras usassem do desprovimento do corporativismo para apregoarem e fazerem valer a LEI.

É isso que se espera de gente decente, honesta e comprometida com a verdade.

QUEM É ELEITO PARA REPRESENTAR UM POVO, não deve em hipótese alguma se fazer valer do cargo que ocupa para se julgar acima de tudo e de todos.

Regras de boa conduta e probidade administrativa devem ser a “BIBLIA” destas pessoas.

Ademir Feliciano

Artigo Anterior

POLICIA PARA QUEM PRECISA DE POLICIA

Próximo Artigo

Mais uma vez prorrogado TAC em Altinópolis

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *