Ex-ditador Muamar Kadafi está morto, afirmam forças líbias

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

O tirano tentava escapar em um comboio que foi atacado por forças da Otan. O novo governo anunciou que ele ficou ferido. Pouco depois, confirmou a morte

Depois de 42 anos, a era Muamar Kadafi terminou de vez nesta quinta-feira. O novo governo da Líbia anunciou que o ex-ditador, que tomou o poder em 1969 e estabeleceu uma brutal tirania no Norte da África, morreu pouco depois de ser capturado, oito meses depois do início de uma mobilização popular contra seu regime. De acordo com fontes líbias, ele ficou ferido na ação para prendê-lo. Uma foto divulgada pela agência de notícias France-Presse mostra Kadafi coberto de sangue. O corpo foi levado para um local mantido sob sigilo, por razões de segurança, disse uma fonte do novo governo.

Acervo Digital VEJA: a trajetória de Muamar Kadafi, o tirano de Trípoli

De acordo com um comandante do Conselho Nacional de Transição da Líbia (CNT), Kadafi foi capturado pelas forças rebeldes em sua cidade natal, Sirte. A informação foi revelada pela primeira vez pela emissora de televisão local Libya lil Ahrar, citando como fonte o Conselho Militar de Misrata. Pouco depois, a rede Al Jazira revelou ter informações de que Kadafi tinha sido morto. A informação foi confirmada em seguida pelo Conselho Nacional de Transição (CNT).

Abdel Majid Mlegta, do CNT, afirmou à agência de notícias Reuters que Kadafi foi atingido durante um ataque de forças da Otan contra um comboio de forças do antigo regime. Kadafi tentava fugir escondido no comboio. Ele foi ferido nas duas pernas e também atingido na cabeça. Essa fonte já dava como confirmada a morte de Kadafi. “Houve muitos disparos contra seu grupo e ele morreu”, informou Mlegta. Um combatente do CNT disse que, ao ser capturado, Kadafi gritou: “Não atirem, não atirem.”

Leia também: ‘A guerra na Líbia acabou’, diz Berlusconi ao saber da captura de Kadafi

Ao fazer o anúncio da prisão de Kadafi, o comandante do CNT disse que ele tinha sobrevivido, mas confirmou que ele tinha sido ferido. “Ele foi capturado e está muito ferido, mas ainda está respirando”, afirmava Mohamed Leith. O representante do CNT afirmou que chegou a ver Kadafi e que o ex-ditador estava vestido com um uniforme cáqui e um turbante.  Também nesta quinta-feira, um médico afirmou que Aboubakr Younès Jaber, ministro da Defesa do regime deposto de Kadafi, foi morto.

Revista Veja

Artigo Anterior

Questionamentos de IVO JOSÉ FERREIRA

Próximo Artigo

PROMOTOR DE ALTINÓPOLIS VAI ABRIR INQUERITO PARA INVESTIGAR CONTRATO COM ONG SUSPEITA

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *