Remédio Anti- Covardia!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

A Câmara Municipal de Altinópolis, tendo que cumprir a Lei, encaminhou em 18/06, a conclusão do relatório que investigou a emissão de passagens aéreas, feita pela CEI, ao Ministério Publico estadual e ao Tribunal de Contas do estado de São Paulo.

Sem nenhum pudor e sem nenhum escrúpulo, os vereadores (sete do Nanão/Ferreira) arquivaram a denuncia na casa de Leis e deixaram para que esferas superiores estaduais resolvessem a questão.

Ato covarde de gente que se mostrou no mínimo incompetente, para não dizer, “BANDIDA”!

Na ultima sessão plenária, a fatídica sessão que mostrou quem é quem, o vereador “caronistaLuiz da Cascata, ao defender seu voto pró Nanão/Ferreira, disse que preferia que a denuncia fosse investigada pelas autoridades competentes. Deu provas inequívocas o novato político, que realmente ele, não se sente autoridade e muito menos competente. Autoridade competente senhor vereador, o senhor passou a ser assim que entrou na carona do Fraga. Ninguém falou isso pra ele?

Outro que deu “bolsada” em seu pronunciamento extremamente infeliz foi “Carlão do Som”: disse o veterano político que na CEI que investigava a administração Wadis, foi obrigado a engolir “Goela Abaixo”, o arquivamento da CEI inclusive com voto de “Zé Cristino”.

Proferiu também o vereador “do som” que confiava no Ministério Publico para investigar o caso. “- Se não confiarmos nem no Ministério Publico, devemos mudar daqui”.

Outros vereadores alegaram que votaram NÃO á limpeza política da cidade, por terem localizado irregularidades na finalização do relatório, ao perceberem que agentes políticos e funcionários públicos foram arrolados por formação de quadrilha.

Ou são muito imbecis, ou são; um bando de jumentos, ou estavam todos comprados, ou TODAS AS ALTERNATIVAS SÃO VERDADEIRAS.

Vamos La: a CEI tinha por obrigação, ouvir todos os envolvidos nas viagens, assim o fez. A CEI tinha por obrigação, apontar quem teve e quem não teve participação direta no delito, assim o fez. A CEI tinha que enquadrar, ou, direcionar, cada crime que cada um cometeu, assim o fez. Só caberia a Câmara Municipal, dentro da legalidade das provas apresentadas, abrir a Comissão Processante para que, em análise mais aprofundada, pedisse ou não a cassação do prefeito, som isso. Nem isso eles foram capazes de fazer.

São tão incompetentes, que ao analisarem o relatório, se ativeram aos outros citados, deixando de cumprir o único papel que lhes caberia. Investigar os atos do chefe do executivo. À Câmara, só cabe cassar mandato de canalha que tem mandato! Que foi eleito, que furtou o erário. Não cabe aos edis, julgar a participação criminosa de agentes e funcionários; isso é função do Ministério Publico.

Essa “Récova” eleita pelo povo pra lhe representar, banalizou de vez a “ROUBALHEIRA”, tornando-se assim, alvo também da insatisfação deste mesmo povo.

-Coitadinhos, foram tentar limpar a imundície de Nanão/Ferreira, e acabaram todos, sem exceção “Embostalhados” nos excrementos que estes produziram.

Será que eles estão vendo, ouvindo e sentindo o que o povo está falando deles nas ruas?

Altinópolis acordou, e diferente do que a maioria deles dizia, não serão esquecidas em três meses, as lamentáveis atitudes déspotas que vocês tiveram na nossa casa de leis.

 

Lugar de canalha é fora da vida publica. PROTESTA ALTINÓPOLIS!


Ademir Feliciano

 

Artigo Anterior

Chamo você, em prol de você. Vamos juntos?

Próximo Artigo

Jornal da EPTV primeira edição mostrara hoje o descaso de Altinópolis com o meio ambiente.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *