“Pau que da em Chico, da em Francisco”!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

 

O jornal “A Tribuna de Altinópolis”, pago, patrocinado e financiado com dinheiro publico, com contratos com a prefeitura e com a câmara municipal, em sua edição de 31 de agosto de 2013, publicou em sua pagina nº 3, interessante entrevista com o Vereador “Renato Barata” (PPS) líder do prefeito na Câmara Municipal.

 

Entre vários “TODAVIAS” o vereador deixa clara a dificuldade que está tendo em defender um prefeito cuja administração passada, se viu cercada de irregularidades.

 

Cita o líder de “Nanão” na câmara que em todas as sessões plenárias realizadas até o memento, a oposição aparece com uma ou outra denuncia. “–Por incrível que pareça, em todas as sessões e mesmo em amplos setores da cidade, a tônica é sempre essa: denuncia”.

 

Com relação à compra de moveis feita pela escola “Alayde” cujo material não havia sido encontrado na escola, Renato diz que: “essa questão não tem defesa que supere”  alega ainda ter ocorrido um erro administrativo e responsabiliza a diretora da escola, senhora “Maria Helena”, isentando o prefeito de qualquer responsabilidade.

 

Quando o tema é “Ataques da Oposição” “Barata” diz que em seu primeiro mandato como vereador, esperava um comportamento administrativo gerador de bons frutos para todos os altinopolenses, porem, (TODAVIA DENOVO) logo na primeira sessão do ano, se viu diante de CEI sobre postos de saúde. “Defender coisas irregulares fica difícil”, pondera o vereador.

 

Frase marcante de “Barata”: “- Não tenho duvidas que o prefeito “Nanão” é uma pessoa honesta e que muito fez por Altinópolis. Todavia, a fiscalização da prefeitura é falha e com isso a coisa desandou tornando o processo de sua defesa difícil demais para nós”.

 

Nossas considerações!

 

Barata esperta não atravessa galinheiro vereador; a galinha lhe “PAPA”!

 

Líder de “Nanão” na câmara, aliado político, disputou junto às eleições, beneficiado por coligação com Nanão, inclusive na distribuição de cestas básicas para população mais carente em época de campanha, cestas estas distribuídas por funcionário da prefeitura (Pé de Serra) em carro oficial.

 

Renato Barata” teve verbas para campanha, ofertadas, tanto por “Nanão” quanto por “Pé de Serra”, e agora, se mostra disposto a dar um pontapé na bunda do chefe de bunda suja.

 

O vereador alega ser difícil defender irregularidades! Vereador para de cometer estas gafes que já estão ficando “ANALFABETICAS”! Defender irregularidades não deveria ser encarado pelo senhor como difíceis, e sim, como impossíveis. Quem defende irregularidades, é tão ou mais irregular quanto quem as cometeu, ainda mais no caso de um vereador.

 

O senhor vereador “Barata”, teve a chance de mostrar sua competência enquanto vereador , durante as duas “CEIs” instauradas neste mandato e nada fez, imaginando talvez, que o prefeito fosse se safar. Como a vaca foi para o brejo, não ha mais como isentar “Nanão” da chefia das falcatruas, sabedor que é o vereador que “Nanão” muito em breve, terá seu mandato cassado, terá que devolver tudo que ele e sua gangue roubaram da prefeitura nos anos de 2009/2012, agora vem com esse discursinho de “Madalena Arrependida”. Não tenham duvidas; logo- logo, atrás dele, virão outros discursinhos no mesmo sentido protagonizados pelas outras seis “Meretrizes” da administração Nanão/Ferreira.

 

É sempre assim, quando o barco está para afundar ou afundando, os RATOS são os primeiros a abandona-lo.

 

-Nanão, Nanão! Você que beneficiou com sua conduta bandida, vários dos até então, aliados, pode esperar “Bobão” você vai ficar na mão. Bem feito!

 

Pode esperar! Muito em breve outras galinhas tentarão mudar de poleiro.

É a cara desses caras sem vergonha na cara!

Ademir Feliciano.

 

Artigo Anterior

ADA- Ativistas Democráticos de Altinópolis escancaram o “Elefante Branco” deixado pela Administração “Ferreira/Willian José”.

Próximo Artigo

Em Santo Antonio da Alegria não basta ser Prefeito, tem que ser bom de Congada!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *