Infiltração em laje de creche causa “Medo” em pais de alunos!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

A Creche construída há pouco mais de dois anos no bairro Figueiredo Walter em Altinópolis, apresentou esta semana, segundo site oficial da prefeitura, problemas de infiltração em uma laje externa do prédio.

Pais de alunos entraram em contato com o altiaqui, receosos em mandarem seus filhos ás aulas, com medo de desabamento e consequentemente, visando preservarem a integridade física das crianças.

Em contato há poucos instantes, via telefone com o secretario de obras de Altinópolis, José Fraga, este nos deu o parecer do que está realmente ocorrendo.

Fraga nos informou que na interligação (junção, uma espécie de solda) das lajes, por conta do forte calor, é natural ocorrer um espaçamento devido à dilatação natural que sofre o material empregado. Disse ainda, não ver motivos para alarde, pois, ele próprio esteve verificando o prédio, acompanhado do engenheiro da prefeitura Rafael Franzoni e de mais um engenheiro de nome Guilherme, da empresa “Infratécnica”, responsável pelas obras de construção das casas do PAC 2 no bairro Santa Cruz. Disse ainda o secretario, que o ESTARDALHAÇO provocado pela infiltração, acabou sendo motivo de risadas por parte dos técnicos, uma vez que se trata de fato corriqueiro em quase toda obra, mas que isso, não coloca a vida de ninguém em risco e também não há possibilidade de desmoronamento.

Entramos em contato telefônico com o engenheiro Guilherme, por sugestão de Fraga e questionamos a ele sobre o ocorrido. Guilherme alegou não poder dar nenhuma informação sem antes pedir autorização à empresa que trabalha “Infratécnica”, mas, assim que falasse com a empresa, entraria em contato conosco.

A postura do Secretario José Fraga, foi muito segura e firme. “Não há motivo para alarde ou pânico, a construção não vai cair” Disse o secretario.

Ainda segundo Fraga, todo ALARDE ocorreu por conta de uma ligação feita por mãe de aluno ao prefeito Nanão. Nanão, ao invés de verificar o problema com equipe técnica, optou por meter o bedelho onde não entende e o que deveria ser tranquilizador para os pais dos alunos, tornou-se preocupante pela atitude intempestiva e desprovida de conhecimento técnico por parte do prefeito municipal.

Sugeri ao Fraga, se a possibilidade do desespero do prefeito Nanão, não teria sido embasada nas quedas da quadra do CSU, depois da grande “CAGADA” ali cometida. Usei o termo CAGADA na conversa com Fraga que corroborou de pronto minha sugestão. “Acredito sim que tenha sido por isso” falou o secretario.

José Fraga fez questão de tranquilizar os pais de alunos e a população de um modo geral, garantindo não haver perigo de desabamento.

Percebi na conversa com Fraga, que alias foi de uma presteza e cordialidade raras, que as coisas não andam La muito boas entre ele e Nanão. Dias atrás, eu soube de uma discussão pesada entre os dois, inclusive com xingamentos de palavrões que fariam corar até o mais “boca suja” dos homens, Eu mesmo, Ademir Feliciano!

Também pudera: Aguentar um chefe como Nanão, só mesmo tendo achado o estômago no lixo!

O fato é: As aulas até o momento não precisaram ser interrompidas, as obras de contenção da infiltração estão sendo feitas, escoras de madeira garantem a sustentação da marquise e não há motivos para pânico. Informações prestadas pelo Secretario de Obras do Município de Altinópolis, José Fraga.

Já com relação ao prefeito Nanão, deve ter ficado tão apertado que não passou sequer uma agulha! Creio que até o PUM que ousou soltar, não teve como sair por vias naturais e alojou-se na cabeça.

 

Graças a Deus, dos males o menor. A creche está segura, segundo o secretario de obras.

 

Ademir Feliciano.

Em tempo: Após a publicação desta matéria, o secretario de obras de Altinópolis, me ligou e informou que o prefeito e ele discutiram, mas que em momento algum, houve xingamentos com palavrões.Disse respeitar o prefeito, e também , ser respeitado por ele.

 

A informação que passei da discussão com xingamentos e palavrões, me foi dada por quem assistiu a cena. Fonte não se revela e eu não vou revelar a minha.

 

Fica registrada a observação de Fraga. Mais uma vez reitero: José Fraga foi extremamente cordial, firme e seguro em suas palavras.

 

Artigo Anterior

Duplo assassinato em Altinópolis!

Próximo Artigo

Reunião para discutir desenvolvimento do Turismo em Santo Antônio da Alegria.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *