Tribunal de Contas de São Paulo envia à Câmara Municipal de Altinópolis as contas rejeitadas do ano de 2012.

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:


altAtravés de contato feito por nós, Altiaqui, junto ao TCE/SP – Tribunal de Contas do estado de São Paulo; obtivemos informação que as contas do exercício de 2012 da prefeitura municipal de Altinópolis, contas estas, rejeitadas uma vez por irregularidades insanáveis, e também, rejeitadas uma segunda vez depois de pedido de reexame solicitado pelo prefeito Marco Ernani Hyssa Luiz (Nanão PMDB), foram encaminhadas a Câmara Municipal para Julgamento por parte dos vereadores. Encaminhadas em 03/02/2016 pela UR-6 Unidade Regional de Ribeirão Preto.

Ocorre que o TCE julga em primeira analise as contas, e posteriormente remete a Câmara Municipal, em respeito à soberania da casa para que os vereadores, após analise do parecer do tribunal, emitam também, seus pareceres. Caso mantenham pela decisão do Tribunal, nesta seara, as contas permanecerão rejeitadas, reprovadas por irregularidades das mais graves e insanáveis. Caso contrário, se os vereadores entenderem que as contas devam ser aprovadas, aí a pizza estará servida. Ficará o dito pelo não dito.

Lembramos que as contas do exercício de 2011, também foram reprovadas pelo TCE.

As de 2012, com uma série de reincidências apontadas pelo TCE, e mais, uma enormidade de irregularidades cometidas pela gestão Nanão (PMDB) Ferreira (PSDB), são passiveis, se mantidas reprovadas, de suspensão dos direitos políticos dos agentes principais. Neste caso, o prefeito Nanão, e seu ex-vice Ferreira.

Caberá agora, já que as contas estão em posse da edilidade, que seu presidente Renato Theodoro (PPS) “Renato Barata” as coloque em pauta para que seus pares emitam suas posições.

Em se tratando este 2016; de ano eleitoral, não é de se duvidar que mesmo a base aliada de Nanão e Ferreira, a maioria dos vereadores, boa parte deles votem pela manutenção da rejeição das contas. Isso se explicaria por ter, cada um deles, seus “fiofós” na reta. Vários deles inclusive, já disseram a boca pequena que não há como negar a decisão do Tribunal agora. Isso seria, segundo informações passadas por um vereador da base aliada, “Um tiro no pé” uma vez que a população hoje, graças ao Altiaqui, tem acesso a todas as informações.

Resta-nos esperar. Eu, sinceramente não creio que votem contra seus chefes Nanão (PMDB, Ferreira (PSDB). Não creio. Política em Altinópolis, infelizmente é a arte do quem der mais, e neste caso, com estes dois “Nanão/Ferreira”, o que não deve faltar são promessas e agradinhos.

Vamos lá presidente do legislativo altinopolense “Renato Barata”, o Marquinho Garrincha já refugou uma vez; vai você cometer o mesmo desatino?

Cobrem, cobrem muito de seus vereadores. Nesta votação de contas estará o futuro político de sua cidade.

Ademir Feliciano

Artigo Anterior

Ex-prefeito de Altinópolis e mais 15 da região são enquadrados na Lei da Ficha Limpa e perdem os diretos políticos.

Próximo Artigo

Padre de Altinópolis se entrega ao paganismo e não está nem aí!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *