ALTINÓPOLIS: Gestão “Nanão” (PMDB) deixa dívida que já soma mais de Oito Milhões para nova administração!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

Desde o início de sua gestão frente à prefeitura municipal de Altinópolis /SP, o prefeito José Roberto Ferracin Marques (PSD) vem enfrentado dificuldades financeiras de grande monta. Não são dificuldades criadas por ele ou por sua administração, mas sim, compromissos não cumpridos por seu antecessor “Marco Ernani Hyssa Luiz” (Nanão PMDB).

Orgulhoso por ter sido eleito por quatro vezes prefeito da cidade, portanto, com larga experiência na administração executiva municipal, nem assim, “Nanão” foi capaz de cumprir os compromissos de seu governo, deixando para o atual prefeito, e, por conseguinte para Altinópolis, e, por conseguinte também, para cada um de nós, uma divida que só do que foi apresentado até agora, soma R$ 8.460.634,62. (Oito milhões quatrocentos e sessenta mil seiscentos e trinta e quatro reais com sessenta e dois centavos).

As dívidas são descritas da seguinte forma:

IMPRAL. Instituto de Previdência dos Funcionários Públicos de Altinópolis.

R$ 421.382,71 (Quatrocentos e vinte um mil trezentos e oitenta e dois reais com setenta e um centavos).

Precatórios: são requisições de pagamento expedidas pelo Judiciário para cobrar de municípios, estados ou da União, assim como de autarquias e fundações, o pagamento de valores devidos após condenação judicial definitiva.

R$ 224.335,73 (Duzentos e vinte quatro mil trezentos e trinta e cinco reais com setenta e três centavos).

Protestos/Cartório

R$ 22.107,17 (vinte e dois mil cento e sete reais com dezessete centavos).

INSS 

R$ 102.762,80 (Cento e dois mil setecentos e sessenta e dois reais com oitenta centavos).

Restos a pagar

R$ 1.195.966,14 (Um milhão cento e noventa e cinco mil novecentos e sessenta e seis reais com catorze centavos). “Esse montante já foi pago pela atual administração”.

Valores a serem devolvidos (DEVOLUÇÕES).

Quadra do CSU (Caiu por duas vezes).

R$ 266.240,44 (Duzentos e sessenta e seis mil duzentos e quarenta reais com quarenta e quatro centavos).

CODASP– COMPARDO- Comitê da Bacia do Pardo.

R$ 417.426,18 (Quatrocentos e dezessete mil quatrocentos e vinte e seis reais com dezoito centavos).

Ministério da Saúde. (caso dos mais de 710 mil atendimentos no Hospital de Misericórdia no mês de fevereiro de 2013).

R$ 4.961.313,45 (Quatro milhões novecentos e sessenta e um mil trezentos e treze reais com quarenta e cinco centavos).

Reprogramação do “PAC II”

R$ 109.000,00 (cento e nove mil reais).

Valor do prejuízo deixado aos cofres do município por enquanto:

R$ 8.460.634,62. (Oito milhões quatrocentos e sessenta mil seiscentos e trinta e quatro reais com sessenta e dois centavos).

-Digo por enquanto, pois tenho informações que mais dívidas estão por vir. E não são pequenas!

-Por mais que o atual prefeito “José Roberto” (PSD) tenha boa intenção, e ele tem, por mais que seja extremamente honesto e capacitado, e ele é, por mais que queira dar início imediatamente a tão sonhada mudança, e ele quer; como fazer isso com uma “Herança Maldita” dessa deixada pelo antigo gestor do município?

O engraçado em tudo isso, (se é que há algo engraçado), foi o pronunciamento do vereador “Marquinho Garrincha” (PDT) desde sempre, aliado do antigo prefeito, em tribuna de sessão plenária proferir que: “Devemos olhar para frente, esquecer o passado, sermos como Farol de Carro, iluminando sempre para frente”. O referido vereador fez parte do antigo governo como base aliada, VOTOU TUDO que o ex-prefeito pediu, inclusive dando aprovação ao convênio referente aos mais de 710 mil atendimentos no Hospital de Misericórdia, impediu como presidente da casa de Leis; fosse aberto processo de cassação de mandato do então prefeito Nanão, e agora quer olhar para frente. OK! Olhe para frente. Mas, e quanto aos credores que querem receber a dívida deixada por todos vocês do antigo governo? Peça aos credores que esqueçam tudo e olhem para frente! Faça isso senhor vereador!

“Um verdadeiro abacaxi deixado no colo do atual prefeito para que ele possa descascar”. E para isso, há que se ter paciência. Muita paciência e muita crença na atual gestão. Não será fácil. Se não forem quitadas estas dívidas, não haverá possibilidades de novas parcerias, novos convênios, porém, a equipe do prefeito tem se esmerado com afinco no sentido de ver cumpridas e quitadas, as dívidas contraídas pela irresponsabilidade da última gestão.

Importante informar a você altinopolense para que você saiba a real situação deixada pela última administração de sua cidade, e para que você saiba ter a paciência necessária para que o atual prefeito consiga, com a colaboração de todos nós, “Colocar a Casa em Ordem” e fazer Altinópolis crescer.

 

Assim esperamos!

 

Ademir Feliciano.

 

 

Artigo Anterior

Prefeitura de Altinópolis informa aos moradores do “Bairro Jardim Luiza”.

Próximo Artigo

Vereadora de Batatais pede investigação sobre cargo da secretária de saúde “Luciana Nazar”.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *